Azevinho - Propriedades Terapêuticas

AZEVINHO – PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS:

O azevinho (Ilex aquifolium L.) também é chamado de azevim, azevinheiro, pau azevim e sombra de azevim. É um arbusto da família Aquifoleaceae. É normalmente cultivado para efeitos ornamentais devido aos seus frutos vermelhos. Estes são chamados de azevinhos,  bagas, azinhas ou enzinhas. Estas bagas não podem ser ingeridas pois são venenosas.

Floresce de Abril a Junho e os seus frutos amadurecem em Outubro mas mantêm-se na árvores durante muito tempo.

A sua madeira é de cor branca ou acinzentada, de textura fina e uniforme, sendo um óptimo combustível para lareiras.

Folha de AzevinhoApesar de ser uma planta de crescimento muito lento, pode viver até aos 300 anos. É muito resistente ao frio de inverno, mantendo sempre verdes as suas folhas brilhantes e as suas bagas vermelhas que atraem pássaros para o jardim.

As suas preferências ambientais são os bosques e matagais umbrios, bem como encostas de montanha igualmente ensombradas. Pode subir até aos 1600 metros. Requer solos frescos.

O termo “Ilex” é o nome dado pelos romanos à Azinheira mas que acabou por ser aplicado ao azevinho pelas semelhanças entre as suas folhas e às da sua antiga homónima. Entre os romanos, o azevinho era trocado como presente e considerado símbolo de paz e felicidade. Nos nossos dias, tornou-se a principal planta do Natal.

O azevinho liga-se à história cristã como planta que permitiu esconder Jesus, dos soldados de Herodes. Em compensação, diz a lenda, foi-lhe dado o privilégio de conservar as suas folhas sempre verdes, mesmo durante o Inverno.

 

Hoje em dia, algumas pessoas passam no período de festas debaixo de um azevinho na esperança de beijar alguém que passe por ele. Mas até ao ano 1400, beijar sob um azevinho significava compromisso entre um casal.

Antigamente acreditava-se que as folhas do azevinho maceradas e misturadas em vinho eram um óptimo tonificante. Tal facto não está provado cientificamente, acreditando os cientistas que este efeito se deve mais ao vinho que ao azevinho.

 

Propriedades e Indicações Terapêuticas:

  • Partes utilizadas: folhasAzevinho
  • Analgésico
  • Anti-depressivo
  • Febrífugo
  • Depurativo
  • Sudorífico
  • Diurético
  • Laxante
  • Depurativo, limpa o sangue dos produtos residuais do metabolismo
  • Tonificante do coração
  • Combate bronquites crónicas
  • Estimulante do sistema nervoso
  • Acalma dores de estômago e intestinos
  • Falta de apetite
  • Enxaquecas
  • Dores nevrálgicas
  • Reumatismo
  • Artritismo
  • Cãibras
  • Icterícia
  • Diabetes

 

Uso Interno:

Infusão – 4 colheres de sopa de folhas verdes para 1L de água a ferver. Deixar repousar durante 10min. Toma-se quente, uma chávena 4 a 5 vezes por dia.

Decocção – 2 a 3 colheres de folhas verdes para 1L de água. Deixar ferver durante 15min. Tomar uma chávena 3 vezes ao dia.

Anúncios

3 pensamentos sobre “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s